quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Midori e Gatinhos de Taguatinga

Olá, amigos e colaboradores.

Todos os anos, a partir de novembro e até fevereiro do ano seguinte, os protetores de animais começam a informar que o número de animais recolhidos aumentou muito, que o número de animais abandonados nas ruas multiplicou e que esses animais estão, mais que nunca, doentes e com machucados horríveis, sem contar aqueles atropelados.
É o periodo em que por causa de férias e viagens, animais que nunca estiveram nas ruas são abandonados por tutores que não os amam. Esses animais são presas fáceis nas ruas pois não sabem sequer, como procurar comida e ficam parados dias e dias, definhando no mesmo lugar onde foram deixados, aguardando um tutor que não voltará.
Durante esse período, os protetores também informam que as doações diminuem, por causa das férias e viagens de colaboradores e do aumento de despesas familiares com o início de ano, tais como material escolar, impostos e outros.
É lamentável, mas as afirmações acima são verdadeiras.
A SHB não ficou imune à tabelinha: aumento de animais acolhidos x diminuição de doações.
Entre os meses de novembro e dezembro do ano passado e os primeiros dias de janeiro deste ano, resgatamos e acolhemos mais de 40 animais e uma grande parte precisou ficar internada.
Todos os dias recebemos cerca de 15 pedidos para resgatar animais nas ruas e é triste mas precisamos dizer não a 99% desses pedidos.
Mas, como não resgatar e acolher em alguns casos?
Atualmente, estamos com 14 animais internados, dentre os quais a cadelinha Midori, recolhida na ESAF e 04 gatos recolhidos em Taguatinga. Vocês verão nas fotos porque não foi possível, apesar de nossa situação financeira desesperadora, deixá-los nas ruas.

Midori - Cadelinha resgatada em 18/12/2010, com queimaduras, bicheiras, sarna e com úlcera no olho direito. Amigos, acreditem, as fotos que estou anexando são do dia 08/01/2011, depois de mais de 15 dias de internação. Jamais iremos divulgar as fotos do dia do resgate. Ainda apresenta o rabinho entre as pernas e tem muito medo das voluntárias da SHB, procurando proteção no tratador. Isso nos leva a crer que era torturada por uma mulher. Aos poucos estamos conquistando sua confiança.





Gatinhos - Resgatados em Taguatinga no dia 11 de janeiro, é uma mãezinha e três filhotes. As fotos falam por si. No local ainda permaneceram 08 gatos, inclusive uma gatinha prenhe.


Por casos como esses que continuamos a pedir que nos ajudem a continuar ajudando os animais!

Um abraço fraterno.

7 comentários:

cléa disse...

Com a graça de Deus,certamente irei ajudar dentro de minhas possibilidades financeiras esses animais tão sofridos.Já adotei 2 cadelinhas lindas, uma foi a SOL, do abrigo da SHB( em março/2010) e a LILICA ( Abril/2007)estava perdida em Taguatinga.Sou muito feliz por ter adotado,elas me dão muita alegria .

Senhora Baruch disse...

Acredito e torço muito para que o trabalho de vocês a cada dia fique melhor! Adotei o um cachorrinho ano passado e só me trás alegrias... coloquei no meu blog referencias para que outras pessoas possam ajudar os bichinhos. Abraço.

SHB - ONG de proteção animal disse...

A shb agradece o interesse, carinho, e ajuda. Somente dessa forma conseguimos diminuir um pouco o sofrimento desses bichinhos tão carentes.
Abraços.

moninha disse...

Sou muito feliz por existirem pessoas como vocês! Só assim um pouquinho de cada um vira uma força capaz de trazer de volta à esperança à essas criaturas fofas...

Larissa disse...

Mandei um e-mail pra vcs, quero adotar um gato(a)adulto ou filhote, so quero que seja castrado pq é pra minha filhinha de 3 anos Alice, adorei os projetos e as iniciativas, e estou aguardando a resposta pra gente poder preencher os pré-requisitos pra adotar um "datinho" pra nossa familia.
Larissa.

CARLOS disse...

To cuidando d um gatinho de rua... Ele deve ter sido espancado pelo jeito q anda... Pior q ñ poderei fkr com ele... Mas como é lindo e carinhoso! ...sao tres e tenho q acordar às oito...

Ana Claudia Aninha disse...

Bom dia, quero ajudar a ONG de vcs, quero ser voluntaria, mais preciso da ajuda de vcs tambem. Eu peguei uma cachorrinha de rua, ela estava com câncer, pedi ajuda da ONG que me encaminhou para uma clinica onde eu teria desconto, mais acredite eu recebo só uma salário minimo, levei a cachorrinha la, minha conta já deu 3.000. eu retirei minha cachorrinha de la, porque nunca acha o que ela tem. Me ajude ela esta em casa.. ganhei os medicamentos dela.. Moro em taguatinga.mais eu nao podia deixar aquele animal sofrer.